Validação do Aplicativo Móvel “Puerpérioseguro” Para o Cuidado à Beira Leito da Puérpera

13 de julho de 2022 por filipesoaresImprimir Imprimir

Valida o aplicativo “PuerpérioSEGURO” como tecnologia para o cuidado à beira leito da puérpera.


Há mais de duas décadas, a Cúpula do Milênio da Organização das Nações Unidas (ONU) se reuniu para estabelecer os oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs), os quais foram reformulados em 2015 para 17 Objetivos de Desenvolvimentos Sustentável (ODS). Entre as metas pactuadas no terceiro objetivo, está a redução da taxa de mortalidade materna global para menos de 70 mortes por 100 mil nascidos vivos, evento de importante magnitude no mundo, especialmente nos países emergentes como o Brasil.

puerpera

Dados da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) evidenciam que, cerca de 830 mulheres morrem todos os dias no mundo vítimas de complicações presumíveis durante a gestação, processo do parto e período puerperal, sendo que 99% ocorrem em países emergentes. Destacase que, em 2015, aproximadamente 303 mil mulheres evoluíram para óbito durante, após a gravidez e parto, quase todas em locais com escassos recursos estruturais, tecnológicos e profissionais, e que poderiam ter sido evitadas.

Dados nacionais revelam que as taxas de mortalidade materna são extremamente elevadas frente as recomendadas pela ONU, apresentando uma folgada disparidade entre as regiões do Brasil, principalmente no Norte e Nordeste. Em 2016, a Razão de Mortalidade Materna Vigilância (RMM-V) foi de 64 óbitos por 100 mil nascidos vivos. Um ano antes na região Norte, a RMM vigilância, direta e IHME/GBD foram de 76,0, 66,7 e 66,7, respectivamente, sendo levemente maior a direta e IHME/GBD na região Nordeste, 75,3, 68,5 e 79,8, respectivamente.

Existe uma preocupação por partes dos chefes de Estado e de Governo para com a saúde dessa clientela, uma vez que os elevados números de óbitos maternos se traduzem como indicadores sensíveis da qualidade de vida e dos cuidados oferecidos pelos profissionais de saúde, sobretudo os da enfermagem, já que estão em contato constante com a paciente. À vista disso, se faz necessário reinventar e implementar novos processos assistências de acompanhamento da mulher durante o ciclo gravídico-puerperal, que possibilite aos profissionais, de forma efetiva, se anteciparem aos desfechos negativos e evitáveis.

É nessa busca por métodos menos invasivos do cuidado que surge a possibilidade do uso da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), particularmente o Mobile Health (MHealth), recurso que converge a prática tecnológica ao contexto da saúde, suportado por dispositivos móveis como smartphones, os celulares inteligentes, tablets e qualquer outro dispositivo de conceito portátil.

A partir dessa modalidade de atenção à saúde, tem-se idealizado e desenvolvido os aplicativos móveis, cujo objetivo é ampliar o acesso as informações e aos serviços de saúde, assim como qualificar o atendimento e a gestão hospitalar. Presume-se que o manuseio dessa tecnologia poça influenciar positivamente a enfermagem como um contraponto ao cenário epidemiológico de morbimortalidade materna, visto que tem transformado a forma do enfermeiro de lidar com um quantitativo maciço de informações sobre a assistência, e promovido um rápido e organizado sistema de gestão do cuidado, decréscimo da carga burocrática e aumento da performance profissional.

Dessa forma, considerando os obstáculos enfrentados pela enfermagem brasileira para acompanhar a puérpera na involução do ciclo gravídico na maternidade, seja pelo déficit de recursos humanos e/ou pela ausência de um instrumento que possa ser utilizado durante esse processo, e, ainda, os benefícios que a TIC MHealth podem proporcionar no atendimento, planejamento dos cuidados e acompanhamento clínico dessa clientela, emergiu a ideia de desenvolver e validar uma tecnologia móvel com as interfaces necessárias para otimizar o cuidado imediato/mediato à puérpera a beira leito.

Diante do exposto, o presente estudo teve como objetivo validar o aplicativo “PuerpérioSEGURO” como tecnologia para o cuidado à beira leito da puérpera, o qual foi desenvolvido em uma plataforma móvel como tecnologia em saúde.

Compartilhar
http://fst.uin-alauddin.ac.id/assets/file/-/slot-thailand/ https://sdm.fpik.unmul.ac.id/wp-content/uploads/2021/05/gengtoto/ https://residenciamulti.escs.edu.br/wp-content/uploads/2023/01/toto-slot-gacor/ http://cofen.gov.br/wp-content/uploads/2015/01/maxwin138/ http://cofen.gov.br/wp-content/uploads/2015/01/linetogel/ https://sdm.fpik.unmul.ac.id/wp-content/fonts/slot5000/ http://www.cofen.gov.br/wp-content/upgrade/toto-togel/ https://www.centenecenter.wustl.edu/wp-content/uploads/2020/01/datamacau/ slot5000 https://fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/09/slot/ presidenslot http://www.cofen.gov.br/slot/ https://umkap.fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/08/togel/ https://fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/09/slot/ toto88 gengtoto gengtoto toto slot asiatogel meraktoto asiatogel toto slot slot maxwin slot maxwin slot maxwin https://pembinaanideologi.unesa.ac.id/produk/slotpulsa/ https://fmipa.unesa.ac.id/products/slot-qris-5000/ https://pembinaanideologi.unesa.ac.id/produk/slot88/ https://verisa.unesa.ac.id/argon/demo/products/togel-online/ https://pramuka.unesa.ac.id/product/casino/ https://pramuka.unesa.ac.id/product/toto/