InformaSUS-UFSCar: Um Ano Com Foco na Comunicação Social e Científica em Saúde

12 de abril de 2021 por filipesoaresImprimir Imprimir

São mais de 280 mil visitas no site e 100 mil impressões mensais nas redes sociais do projeto.


O InformaSUS, projeto de extensão da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), está completando um ano e colhendo resultados positivos da interação proposta entre universidade e sociedade por meio da comunicação social e científica de qualidade nas áreas da Saúde, Educação e Políticas Públicas. Atualmente, são mais de cem pessoas envolvidas voluntariamente nas atividades, dentre alunos, servidores docentes e técnico-administrativos, além de colaboradores externos da UFSCar.

InformaSUS-UFSCar: Um Ano Com Foco na Comunicação Social e Científica em Saúde

InformaSUS-UFSCar: Um Ano Com Foco na Comunicação Social e Científica em Saúde. Foto: Divulgação

O InformaSUS surgiu em março de 2020 a partir do esforço coletivo de docentes, técnicos e alunos da UFSCar, mobilizados após a criação do Comitê de Controle e Cuidados em relação ao Novo Coronavírus na Universidade. A partir de diagnóstico feito por esse grupo, houve o consenso de que havia em circulação muitas notícias falsas sobre a Covid-19 e uma dificuldade evidente de organização de informações oficiais e científicas, dificultando sua interpretação, análise crítica e acesso da população geral. A partir do desenvolvimento de um plano de comunicação, o InformaSUS propôs a articulação de equipes temáticas com áreas específicas para a pesquisa, organização, checagem e produção de conteúdos para imprensa, internet e mídias sociais, qualificando as informações disponibilizadas ao público e auxiliando no controle da pandemia e no combate de notícias falsas.

Todo o conteúdo produzido – matérias, entrevistas, artigos, dentre outros – ficam disponíveis no site www.informasus.ufscar.br e nas redes socais do projeto – Facebook, Instagram, TikTok, Youtube e Twitter. Gustavo Nunes de Oliveira, docente do Departamento de Medicina da UFSCar e coordenador do InformaSUS, afirma que a iniciativa é uma organização em rede que conecta coletivos através da web e redes sociais, tendo como eixo central de ativação a comunicação social e científica em saúde, educação e políticas públicas. “Essa rede se constituiu, a partir do contexto da pandemia, com o objetivo inicial de conectar grupos temáticos para facilitar a produção e a difusão de informações para diversos públicos, de forma multilateral, propiciando a articulação de um plano de comunicação social no contexto da Covid-19”, considera o docente.

Os projetos articulados pelo InformaSUS envolvem universidades públicas em todas as regiões do Brasil, constituindo-se cada vez mais em uma comunidade ampliada de produção de conhecimento e qualificação do papel social e público das universidades envolvidas.

Números e produções

Neste primeiro ano de atuação, foram 769 publicações, sendo 697 destinadas ao público geral, em 46 categorias temáticas diferentes. O site recebeu 284.358 visitas; 129.878 leitores, sendo 21.307 recorrentes; e alcance em mais de cem países. Nas redes sociais, o InformaSUS chegou a cerca de 50 mil pessoas e 100 mil impressões por mês.

O InformaSUS também apoiou diversos projetos e iniciativas no âmbito da Saúde Mental; Atenção Primária em Saúde; Saúde da Pessoa Idosa; Pessoas com Deficiência; Saúde Indígena; Saúde da População Negra; População LGBTTQIA+; Pessoas em Situação de Rua; Saúde da Criança; Saúde das Mulheres; Saúde Bucal; População Privada de Liberdade; Pessoas com Doenças Neurológicas; Doenças Crônicas; Uso Racional de Medicamentos; Participação Social; e Políticas Públicas. Além disso, 57 iniciativas solidárias com diferentes públicos-alvo foram apoiadas pelo projeto.

No que se refere a um processo de criação que surgiu em um contexto de crise sem precedentes, o professor Gustavo acredita que o InformaSUS conseguiu apresentar uma resposta sobre como articular um plano de comunicação diante da pandemia. Como desafios, o coordenador do projeto aponta a sustentabilidade da iniciativa e a manutenção do engajamento e voluntariado da equipe.

“Nunca sonhamos em chegar aonde chegamos, em alcançar tantas pessoas, em conectar tantos grupos. Os aprendizados alcançados e a produção de conhecimento científico gerada são um indicativo sobre novas formas de se fazer e valorizar a comunicação no campo da saúde, na cultura científica e no enfrentamento de crises”, conclui Gustavo de Oliveira sobre o primeiro ano do projeto.
Todos os conteúdos e materiais produzidos estão disponíveis no site e nas redes sociais do InformaSUS. O contato com a equipe do projeto pode ser feito pelo e-mail contatoinformasus@ufscar.br.

Compartilhar
http://fst.uin-alauddin.ac.id/assets/file/-/slot-thailand/ https://sdm.fpik.unmul.ac.id/wp-content/uploads/2021/05/gengtoto/ https://residenciamulti.escs.edu.br/wp-content/uploads/2023/01/toto-slot-gacor/ http://cofen.gov.br/wp-content/uploads/2015/01/maxwin138/ http://cofen.gov.br/wp-content/uploads/2015/01/linetogel/ https://sdm.fpik.unmul.ac.id/wp-content/fonts/slot5000/ http://www.cofen.gov.br/wp-content/upgrade/toto-togel/ https://www.centenecenter.wustl.edu/wp-content/uploads/2020/01/datamacau/ slot5000 https://fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/09/slot/ presidenslot http://www.cofen.gov.br/slot/ https://umkap.fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/08/togel/ https://fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/09/slot/ toto88 gengtoto gengtoto toto slot asiatogel meraktoto asiatogel toto slot slot maxwin slot maxwin slot maxwin https://pembinaanideologi.unesa.ac.id/produk/slotpulsa/ https://fmipa.unesa.ac.id/products/slot-qris-5000/ https://pembinaanideologi.unesa.ac.id/produk/slot88/ https://verisa.unesa.ac.id/argon/demo/products/togel-online/ https://pramuka.unesa.ac.id/product/casino/ https://pramuka.unesa.ac.id/product/toto/