18/10/2018

10 Dicas Para Manter Sua Saúde Mental em Dia

Fatores sociais, culturais, econômicos, políticos e ambientais podem ser determinantes para o desequilíbrio emocional.

Depressão acomete cerca de 300 milhões de pessoas no mundo e OMS faz alerta para adoção de medidas preventivas da doença.

Fatores sociais, culturais, econômicos, políticos e ambientais podem ser determinantes para o desequilíbrio emocional.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de indivíduos com algum tipo de transtorno mental tem crescido de forma exorbitante. A depressão é um dos problemas mais comuns na atualidade, com cerca de 300 milhões de pessoas acometidas.

Além dos atributos individuais, fatores sociais, culturais, econômicos, políticos e ambientais também podem ser determinantes para o desequilíbrio emocional. No dia 10 de outubro, é comemorado o Dia Mundial da Saúde Mental e para relembrar da necessidade dos cuidados que podem ajudar a manter a mente saudável. O psiquiatra, Vicente Ramatis dá algumas dicas:

1 – Cuide da alimentação.

Comer bem não tem a ver apenas com a boa forma física, mas com o bem-estar geral. Opte por um cardápio variado e equilibrado.

2 – Pratique atividade física.

Colocar o corpo em movimento de forma regular também contribui para a saúde emocional.

3 – Priorize o sono.

É muito importante dormir bem, tendo uma boa rotina de sono. Noites mal dormidas colaboram para agravar os transtornos mentais/emocionais.

4 – Tenha momentos dedicados às pessoas queridas.

É importante conviver com amigos e familiares.

5 – Reserve um tempo para o esporte e lazer.

Faça atividades que te deixem felizes, como passeios, encontros com amigos, cinema, ler bons livros, sair para dançar, entre outros.

6 – Esteja em contato com a natureza.

Faz bem para o corpo e para a mente estar ao ar livre, conectando-se ao meio ambiente e escapar um pouco da rotina puxada do trabalho e da casa.

7 – Procure algo que lhe dê prazer.

É muito saudável ter alguma atividade diferente na rotina. Escolha algo com que tenha afinidade ou mesmo que sempre teve vontade de praticar e nunca teve coragem. Pintura, dança ou algum esporte são alguns exemplos.

8 – Desenvolva sua fé.

E isso independe de crença/religião. A fé está ligada à forma como nos relacionamos com o mundo e com as pessoas, ao otimismo, a crer na vida e em algo que tenha significado para você.

9 – Conheça a si mesmo.

Existem várias formas de se conhecer como terapias, psicanálise,  bodytalk, teatro, atividades lúdicas, etc.

10 – Ajude o próximo.

Pode ser um vizinho que precisa de ajuda ou um trabalho voluntário. Fazer o bem faz bem.

Fonte: [1]




    revista_enfermagem
    munean
    anais_cbcenf