Liderança no Ambiente Hospitalar: Diferenças Entre Enfermeiros Assistenciais e Enfermeiros Gerentes

18 de junho de 2020 por Joyce GomesImprimir Imprimir

Análise da diferença entre a perspectiva de liderança de enfermeiros assistenciais e gerentes no ambiente hospitalar.


Para além do cuidar, o trabalho realizado pelo enfermeiro contempla distintas dimensões, como, administrar/ gerenciar e realizar ações de ensino e pesquisa. A gestão do cuidado, por sua vez, vem se destacando como uma ferramenta transversal entre estas dimensões no trabalho do enfermeiro, com a ideia de articular suas ações e considerando a liderança um atributo essencial para a sua prática.

Liderança no ambiente hospitalar

Com destaque para os ambientes hospitalares, que possuem um aumento da complexidade do trabalho e a incorporação de novas tecnologias. Evidencia-se um quantitativo expressivo de enfermeiros que cada vez mais necessitam de qualificação para o desempenho de funções inerentes à prática profissional. Além de qualificação profissional, a disposição de ambientes de trabalhos com infraestrutura adequada e equipe de saúde multiprofissional integrada favorece a presença de líderes capazes de articular aspectos internos e externos ao serviço, de forma coerente com a complexidade das unidades hospitalares.

Liderança no ambiente hospitalar

A liderança pode ser a chave para o alcance de metas organizacionais, visto que é esperado que o enfermeiro consiga direcionar sua equipe, de forma que esta confie em suas palavras; que seja agente motivador e de inspiração; que instigue a reflexão sobre o fazer, desafiando o processo e provocando mudanças; e que promova apoio e colaboração para melhorar a prática e reconhecer o trabalho das equipes. Embora o enfermeiro reconheça a importância do desenvolvimento de habilidades voltadas à liderança. Muitas vezes, a prática torna-se desestimulante diante das demandas, dos entraves organizacionais e da falta de apoio dos níveis hierárquicos superiores de gestão.

A liderança enquanto construção pessoal e profissional exige que o enfermeiro tenha a capacidade de interagir com as adversidades impostas pela dinamicidade dos ambientes de trabalho. Essa realidade coloca frequentemente os enfermeiros assistenciais e gerentes em situações desafiadoras. Promovendo uma rotina de trabalho estressante e desencorajando esses profissionais a assumirem posições gerenciais.

Diversas características podem influenciar o ambiente de trabalho e tornar as práticas assistenciais e gerenciais desafiadoras, tais como a tomada de decisão, autonomia e liderança do enfermeiro nos ambientes hospitalares. Assim sendo, ambientes de trabalho com características favoráveis possibilitam maior satisfação profissional dos enfermeiros. Melhoria da prática profissional e maior engajamento para que os profissionais assumam cargos gerenciais, especialmente no contexto hospitalar.

Compartilhar
http://fst.uin-alauddin.ac.id/assets/file/-/slot-thailand/ https://sdm.fpik.unmul.ac.id/wp-content/uploads/2021/05/gengtoto/ https://residenciamulti.escs.edu.br/wp-content/uploads/2023/01/toto-slot-gacor/ http://cofen.gov.br/wp-content/uploads/2015/01/maxwin138/ http://cofen.gov.br/wp-content/uploads/2015/01/linetogel/ https://sdm.fpik.unmul.ac.id/wp-content/fonts/slot5000/ http://www.cofen.gov.br/wp-content/upgrade/toto-togel/ https://www.centenecenter.wustl.edu/wp-content/uploads/2020/01/datamacau/ slot5000 https://fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/09/slot/ presidenslot http://www.cofen.gov.br/slot/ https://umkap.fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/08/togel/ https://fkip.unila.ac.id/wp-content/uploads/2023/09/slot/ toto88 gengtoto gengtoto toto slot asiatogel meraktoto asiatogel toto slot slot maxwin slot maxwin slot maxwin https://pembinaanideologi.unesa.ac.id/produk/slotpulsa/ https://fmipa.unesa.ac.id/products/slot-qris-5000/ https://pembinaanideologi.unesa.ac.id/produk/slot88/ https://verisa.unesa.ac.id/argon/demo/products/togel-online/ https://pramuka.unesa.ac.id/product/casino/ https://pramuka.unesa.ac.id/product/toto/