05/04/2019

Referencial Para Um Cuidado Seguro, Confiável e Efetivo

Compreensão mais clara de como alcançar um cuidado seguro, confiável e efetivo.

As organizações de saúde têm a responsabilidade absoluta de oferecer um cuidado seguro, confiável e efetivo aos pacientes. Porém, pode ser muito difícil cumprir consistentemente essa obrigação, e as organizações enfrentam muitas vezes o desafio de conceber um portfólio equilibrado de projetos de melhoria. Que como resultado lhes permita atingir os objetivos de qualidade e segurança ao nível sistêmico.

Leia Mais: 

Segurança, a confiabilidade e a efetividade do cuidado

O Referencial para um cuidado seguro, confiável e efetivo apresenta orientações claras às organizações de saúde sobre os principais componentes estratégicos. São esses clínicos e operacionais envolvidos na promoção da excelência operacional segura e confiável. O referencial abrange dois domínios fundamentais a cultura e o sistema de aprendizagem. Juntamente com nove componentes inter-relacionados: liderança, segurança psicológica, responsabilização, trabalho em equipe e comunicação, negociação, transparência, confiabilidade, melhoria e medição e aprendizagem contínua. O envolvimento dos pacientes e suas famílias está no centro do referencial esse é o motor que impulsiona o trabalho para criar um cuidado seguro, confiável e efetivo.

As organizações podem, ao longo do tempo, melhorar a segurança, a confiabilidade e a efetividade do cuidado que prestam. No entanto, o processo de redesenhar um sistema de cuidado é complicado e não pode ser feito às pressas. Embora o referencial possa ajudar um sistema de saúde a organizar os seus esforços na criação de sistemas para a prestação de um cuidado seguro e confiável. Se assegura como resultado tais sistemas contenham os principais componentes necessários para alcançar o êxito continuado. Sendo assim é essencial que as organizações reservem tempo e recursos para fazer este trabalho.




    revista_enfermagem
    munean
    anais_cbcenf