- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Protocolos da Atenção Básica: saúde das Mulheres

O presente protocolo é referente ao cuidado da mulher na AB e dialoga com os princípios e diretrizes da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM [1]). Considerando o gênero, a integralidade e a promoção da saúde como perspectivas privilegiadas. Assim como como os avanços no campo dos direitos sexuais e reprodutivos, sob orientação das diferentes dimensões dos direitos humanos e questões relacionadas à cidadania.

[2]

Leia Mais:

Respeitando a diversidade

Com esse protocolo, afirma se também um compromisso com a implementação de ações de saúde no âmbito da AB. Para que dessa forma reduzam a morbimortalidade por causas preveníveis e evitáveis. A partir da adoção de boas práticas profissionais, com enfoque não apenas para a mulher, mas também para a família e a comunidade. Aponta-se, ainda, para o fortalecimento das ações voltadas a mulheres historicamente excluídas das políticas públicas. Como uma forma de garantir legitimidade às suas necessidades e especificidades. Nesse sentido, é necessário garantir acesso aos serviços, respeitando a diversidade cultural, sexual, étnica e religiosa. Assim contribuindo para a construção da autonomia de mulheres com deficiência, lésbicas, bissexuais, transexuais, negras, índias, ciganas, do campo e da floresta, em situação de rua e privadas de liberdade, em todas as fases da vida.

A Saúde das Mulheres contempla desde temas como pré-natal, puerpério e aleitamento materno, até planejamento reprodutivo, climatério e atenção às mulheres em situação de violência doméstica e sexual. Contempla, ainda, a abordagem dos problemas/queixas e a prevenção dos cânceres que mais acometem a população feminina.

Compartilhar
[6] [7]