- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Caderno de Atenção Primária n. 30: Procedimentos

Alguns procedimentos clínicos e cirúrgicos, tais como retirada de nevos, corpos estranhos, cistos e lipomas, e o tratamento de feridas, pela menor complexidade de técnica, materiais, insumos e medicamentos, também podem e devem ser realizados pelas equipes que trabalham nas UBS, a fim de evitar estrangulamento dos serviços dos outros níveis de atenção e, com isso, contribuir para o aumento da resolutividade da Atenção Primária à Saúde (APS).

Procedimentos

Os procedimentos nos serviços de saúde

É fundamental que os serviços de atenção primária no SUS se responsabilizem pela realização de pequenos procedimentos clínicos e cirúrgicos. Acolhendo usuários em situações agudas (tais como ferimentos) ou crônicas (unhas encravadas, por exemplo). Avaliando sempre o risco de agravamento e a necessidade de atendimento imediato ou encaminhamento a outro serviço de saúde. Não se pode admitir que um usuário que procure um serviço de atenção primária, sobretudo os casos de urgência e emergência, independentemente se este faz parte ou não da sua área adstrita, deixe de ser acolhido na unidade e tenha que recorrer a outro serviço sem ser referenciado pela equipe de atenção primária/Saúde da Família [1].

É necessário que os procedimentos realizados em unidades básicas/Saúde da Família sejam feitos com base em protocolos. Considerando sempre a capacidade técnica dos profissionais e a disponibilidade de materiais, insumos e medicamentos para o mais adequado atendimento. Os protocolos [2] podem contribuir para a definição de prioridades e execução ou não desses procedimentos. Deverão ser elaborados sob a ótica da intervenção multiprofissional, legitimando a inserção de todos os profissionais.

Compartilhar
[3] [4]