11/06/2019

Prevenção da Violência Contra Pessoas Idosas: Orientações para Cuidadores e Profissionais

Mostra a realidade da violência contra idoso e formas de garantir um tratamento digno, prioritário e humano à pessoa idosa.

Há motivos para celebrar toda e quaisquer iniciativas. Projetadas sobretudo para a atenção adequada de que são merecedores os extremos da existência humana da infância e a velhice. São as fases nas quais se manifestam as fragilidades inerentes ao tempo, tornando os seres extremamente dependentes de tudo quanto são incapazes de realizar, por si, e na vulnerabilidade que a violência contra idoso e a criança acarretam.

Leia Mais:

Iniciativas assistenciais e medidas protetivas

O mundo ainda não se deu conta inteiramente das situações peculiares, particularmente nas dificuldades físicas e mentais que afetam desses indivíduos. Iniciativas assistenciais e medidas protetivas são adotadas, em doses homeopáticas, aquém do que as duas faixas etárias necessitam. Em nosso país já existem alguns avanços, consubstanciados pelos estatutos respectivos.

Mas ainda há muito a fazer, tornando necessário, por isso, que se alerte a sociedade, diretamente e através dos seus representantes institucionais. Sobretudo com a participação dos demais segmentos sociais, para o significado e a importância de crianças e dos idosos. Crianças, pelo futuro que virão a contribuir e, os idosos, pelo muito que fizeram. Acima de tudo pelos anos que legaram através da vida e labor no que lhes foi dado a cumprir.

São razões que animam a saudar iniciativas como a edição desta cartilha, pelos bons serviços na orientação
sobre os caminhos a seguir na busca por algumas das atenções de que são merecedores as crianças e os idosos de hoje e de sempre.




  • Receba nossas novidades

    Informe seu email válido

    Informe seu Nome