04/09/2019

Prevenção de Erros de Medicação Por Omissão

Estratégias para prevenir e mitigar danos associados aos erros de medicação por omissão.

O Desafio Global de Segurança do Paciente “Medicação sem danos”, lançado em 2017 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), tem como objetivo geral reduzir os danos evitáveis relacionados ao uso de medicamentos e reduzir em até 50% os erros graves relacionados à medicação.

Leia Mais:

Erros de medicação

As ações propostas no Desafio foram organizadas em áreas prioritárias e quatro domínios de trabalho. A saber: pacientes, medicamentos, profissionais de saúde e sistemas e práticas de medicação.

Os erros de medicação por omissão acontecem em decorrência de uma ação que não foi realizada e à qual o paciente se beneficiaria. Dessa forma, um erro de medicação por omissão refere-se a não administração de um medicamento necessário ao paciente, ou de uma ou mais doses prescritas até o próximo horário agendado, excluindo circunstâncias nas quais o paciente se recusa a tomar o medicamento, ou quando há decisão de não administrá-lo.

Neste boletim, são discutidas principalmente estratégias para prevenir e mitigar danos associados aos erros de medicação por omissão, que dizem respeito aos domínios “profissionais de saúde” e “sistemas e práticas de medicação”.




  • Receba nossas novidades

    Informe seu email válido

    Informe seu Nome