- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Perfil de Usuários Estomizados Atendidos Em Um Departamento de Órteses e Próteses

Estomias de eliminações são desenvolvidas com a finalidade de exteriorização de um órgão interno na região da parede abdominal, resultando em um orifício. São criadas cirurgicamente, recebem o nome a partir da localização anatômica e a sua permanência é dividida em temporária e permanente. As causas que conduzem à construção de uma estomia [1] são: traumas, neoplasias, doenças diverticulares, obstruções intestinais, fístulas, doenças inflamatórias e doenças congênitas.

Perfil de Usuários Estomizados Atendidos Em Um Departamento de Órteses e Próteses

Perfil de Usuários Estomizados Atendidos Em Um Departamento de Órteses e Próteses. Foto: Divulgação

Considerando que o estomizado tem o direito de atenção integral a saúde, por meio de atendimentos especializados, desde a distribuição de equipamentos coletores e adjuvantes até prescrições de cuidados pelo enfermeiro estomaterapeuta, o serviço é fornecido pelo Sistema Único de Saúde e garantido pelas diretrizes nacionais para atenção à saúde de pessoas estomizadas da portaria nº 400/2009 [2]. O enfermeiro estomaterapeuta é responsável pela organização e planejamento de materiais, equipamentos das instituições e também a aquisição de dados dos pacientes que utilizam o serviço de atenção integral ao estomizado.

Usuários Estomizados

O Brasil possui um déficit quanto aos dados epidemiológicos sobre pessoas estomizadas, devido à complexa extensão territorial, inexistência de registros e dificuldade de comunicação entre os serviços, o que influencia a sistematização dos dados. Com isso, estima-se que 33,864 pessoas vivem com a estomias no Brasil, o qual ainda constitui-se com um dado subnotificado.

Quanto a isso, tem-se a seguinte questão norteadora do presente estudo: qual o perfil de usuários estomizados atendidos em um Departamento de Órteses e Próteses de um município do Paraná? Tal caracterização contribui para fundamentar a implementação de ações que possibilitem uma qualidade na atenção integral em saúde destes usuários. Além disso, a identificação dos usuários deste serviço possibilitará o planejamento de estratégias benéficas para um atendimento de qualidade no setor encarregado pela distribuição de equipamentos e orientações aos pacientes.

Compartilhar
[3] [4]