27/01/2016

Percepção Dos Trabalhadores de Enfermagem Acerca da Satisfação no Contexto do Trabalho Na UTI

Percepções dos trabalhadores de Enfermagem acerca da satisfação ou ausência de satisfação no contexto do trabalho de uma UTI.

A satisfação no trabalho exerce influência positiva sobre o trabalhador e pode se manifestar com melhorias em sua saúde, qualidade de vida e comportamento, trazendo benefícios para os indivíduos e para as organizações. A ausência de boas condições no contexto do trabalho pode produzir insatisfação nos trabalhadores da enfermagem, com possíveis prejuízos em seu viver.

Leia Mais:

Satisfação no trabalho da Enfermagem

Ao desenvolver as atividades práticas no Hospital Universitário (HU), tem-se percebido uma “aparente” insatisfação no contexto do trabalho da enfermagem. A fim de que seja evidenciada por situações que influenciam negativamente a construção do trabalho da enfermagem como um processo coletivo.

Ao buscar compreender o porquê dessa insatisfação manifestada por alguns trabalhadores de enfermagem, tem-se questionado sobre suas condições de trabalho e sobre a aparente submissão e falta de exercício da autonomia dos trabalhadores. Como favorecer contudo o enfrentamento dos conflitos de modo a produzir maior satisfação no contexto de trabalho da enfermagem? Como o trabalhador pode sentir-se satisfeito e realizado e ser capaz de exercer sua autonomia e tomar decisões? A obtenção de satisfação no/do trabalho pode favorecer o comprometimento e a consciência individual e coletiva dos trabalhadores de enfermagem? O que produz satisfação e ausência de satisfação no fazer dos trabalhadores
da enfermagem?

Objetivou-se conhecer as percepções dos trabalhadores da enfermagem. Primordialmente acerca da satisfação ou insatisfação no contexto do trabalho da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).




  • Receba nossas novidades

    Informe seu email válido

    Informe seu Nome