- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Pacientes Internados com Feridas Crônicas: um Enfoque na Qualidade de Vida

Fatores extrínsecos e intrínsecos ao paciente podem intervir no processo de cicatrização da lesão, entre os fatores extrínsecos estão àqueles relacionados às condições da ferida e ao tratamento realizado. Enquanto, os fatores intrínsecos estão aqueles relacionados à condição clínica do indivíduo, que se complicam na presença de doenças crônicas, como as doenças cardiovasculares e imunossupressoras e o diabetes, que alteram o fluxo sanguíneo normal e o estado imunológico.

Leia Mais:

Feridas crônicas

As feridas crônicas apresentam uma difícil cicatrização, ou seja, um retardamento no reparo fisiológico da cicatrização. Deste modo, são classificadas como feridas crônicas, aquelas com período de duração superior a seis semanas e que apresentam elevadas taxas de recorrência.

Entretanto, elas podem perdurar por um longo período de tempo, e por isto causar no indivíduo o prejuízo na autoestima em consequência das incapacidades que ela propicia como a dor, o déficit na qualidade do sono, a inaptidão para o trabalho, além disso, gera constrangimento e afeta o relacionamento social interferindo assim na qualidade de vida.

Compartilhar
[4] [5]