- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Nursing Activities Score e Sua Correlação Com a Teoria do Conforto de Kolcaba: Reflexão Teórica

Os indicadores de demanda de cuidados têm sido muito utilizados para assegurar a qualidade do cuidado de enfermagem e para subsidiar os cálculos de pessoal nas diferentes unidades hospitalares. Os instrumentos de mensuração em enfermagem, como tecnologias do cuidar, têm sido utilizados desde a época de Florence Nightingale para a realização do cuidado de enfermagem, como ao alocar os
pacientes mais graves próximos aos postos de enfermagem e, na atualidade, no desenvolvimento da sistematização da assistência de enfermagem (SAE) e na implementação do processo de enfermagem (PE).

Nursing Activities Score e Sua Correlação Com a Teoria do Conforto de Kolcaba: Reflexão Teórica

Nursing Activities Score e Sua Correlação Com a Teoria do Conforto de Kolcaba: Reflexão Teórica

O dimensionamento de recursos humanos de enfermagem tem sido amplamente discutido com a finalidade de auxiliar na avaliação qualitativa e quantitativa dos recursos humanos de enfermagem com respeito à carga de trabalho. Deste modo, tem sido utilizado para classificar os pacientes em relação às suas necessidades de enfermagem assim como para quantificar o tempo de assistência de enfermagem
despendido.

Nursing Activities Score

Dentre os instrumentos utilizados pelos enfermeiros para avaliar a carga de trabalho de enfermagem, o Nursing Activities Score (NAS) [1] é descrito na literatura como pioneiro para classificar os pacientes críticos. Assim como para estimar e avaliar a carga de trabalho da equipe de enfermagem nas unidades de terapia intensiva (UTI). Esse instrumento foi originalmente escrito na língua inglesa, em 2001, adaptado transculturamente, validado e traduzido para a língua portuguesa por Queijo e Padilha em 2002. Trata-se de um instrumento que pontua as necessidades de cuidados requeridas pelos pacientes em 24 horas, a partir da quantificação das intervenções realizadas no período. Foi desenvolvido por Miranda e seus colaboradores, a partir do Therapeutic Intervention Scoring System (TISS-28).

A enfermagem tem buscado pautar sua prática profissional em conhecimentos teóricos por reconhecer a importância da fundamentação teórica para uma prática científica. Bem como para a organização e qualidade da assistência. As teorias de enfermagem têm favorecido a implementação de princípios
científicos, a partir do desenvolvimento dos metaparadigmas da enfermagem (saúde, ambiente, enfermagem e indivíduo) e o PE. No entanto, apesar da crescente utilização de instrumentos de mensuração, pouco se tem estudado sobre o uso dessa tecnologia à luz das teorias de enfermagem.

Neste sentido, este estudo pretende discutir a aplicabilidade de um instrumento de mensuração à luz da
teoria do conforto de Katharine Kolcaba [2]. Esta teoria tem sido considerada uma teoria de médio alcance, que tem sido muito utilizada como fundamentação para implementação do processo de enfermagem.

Compartilhar
[3] [4]