- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Manual de Procedimento Operacional Padrão do Serviço de Enfermagem

O Manual de Procedimento Operacional Padrão (POP) do serviço de Enfermagem é uma ferramenta de gestão de qualidade, onde contém ações descritivas de técnicas e procedimentos relacionados ao cuidado do paciente.

manual-procedimento-operacional-padrao-servico-enfermagem

O trabalho de elaboração desse manual, para o período 2016 a 2017, foi desenvolvido por uma comissão formada pela Divisão de Enfermagem – DIEN. Durante a composição dessa comissão foi tomado o devido cuidado de diversificar seus competentes em áreas de atuações distintas, com o objetivo de obter melhores conhecimentos nas linhas de cuidado de enfermagem.

Durante a preparação desse documento foram elencadas as normatizações técnicas desenvolvidas pela Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde, Agência Nacional de Vigilância à Saúde, Resoluções dos Conselhos de Enfermagem, de Medicina e de Farmácia, Literaturas Baseadas em Evidências e Instruções Técnicas de Sociedades de Especialidades Médicas e Enfermagem, tais como: cardiologia, nefrologia, central de material entre outros. Procurou-se, ainda, adequar cada procedimento à realidade institucional promovendo a harmoniozidade entre as especialidades e processos aqui desenvolvidos.

Serviço de Enfermagem

A versão 1.1 desse manual contempla as atividades de enfermagem distribuídas em classes das necessidades humanas básicas de modo a efetivar a prática da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian – HUMAP com o cuidado baseado em evidência e foco no paciente.

O manual é distribuído em 11 categorias, enumeradas por ordem de relevância, sendo a primeira categoria – Segurança do Paciente e Controle de Infecção (SPI), tendo em vista sua importância mundial em torno de um cuidado seguro e livre de erros. As próximas categorias foram elencadas de acordo com a Teoria das Necessidades Humanas Básicas desenvolvida por Wanda Horta, sendo distribuídas por ordem de prioridade para o atendimento ao paciente: Regulação, Oxigenação/Respiração, Terapêutica, Hidração/Nutrição, Atividade Sono e Repouso, Integridade Física, Cutânea e Mucosa, Cuidado Corporal, Eliminações e Ambiente. A última categoria relaciona os registros dos cuidados e ações gerenciais da equipe de enfermagem.

O grupo de autores procurou ainda abranger a maioria dos procedimentos de enfermagem utilizados em todas as áreas da instituição, ficando os específicos a cargo de cada setor desenvolvê-los e disponibilizá-los na sua unidade.

Compartilhar
[1] [2]