- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Grupo da Enfermagem Coordena Elaboração de Instrutivo Sobre Manejo da Obesidade no SUS

Mais da metade da população adulta está acima do peso, e dois em cada dez adultos têm obesidade, segundo o Ministério da Saúde. Doenças crônicas não transmissíveis – incluindo as cardiovasculares, diabetes mellitus e certos tipos de câncer – e o sofrimento psicológico, decorrente do estigma e da discriminação, são alguns dos problemas relacionados ao excesso de peso.

Grupo da Enfermagem Coordena Elaboração de Instrutivo Sobre Manejo da Obesidade no SUS

Grupo da Enfermagem Coordena Elaboração de Instrutivo Sobre Manejo da Obesidade no SUS. Foto: Divulgação

Com o objetivo de apoiar gestores e trabalhadores do SUS e promover a saúde e o cuidado da pessoa com obesidade no Brasil, foi lançado, na semana passada, o Instrutivo de abordagem coletiva para manejo da obesidade no SUS [1]O documento, apresentado em live transmitida pelo canal do DataSUS no YouTube [2], é uma iniciativa da Coordenação Geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde (CGAN/Depros/Saps) e do Grupo de Pesquisa de Intervenções em Nutrição da UFMG.

De acordo com o documento, por ser uma doença de natureza multifatorial, o manejo da obesidade é bastante complexo, desafiando os profissionais que atuam em diferentes setores da rede de atenção à saúde. “A superação desse desafio passa pela qualificação dos profissionais de saúde para o manejo adequado da obesidade e pela reorganização dos serviços de saúde de forma a ofertar ações contínuas, colaborativas, efetivas e que contemplem a complexidade do agravo”, destacam os organizadores do Instrutivo.

A professora Aline Cristine Souza Lopes [3], do Departamento de Nutrição da Escola de Enfermagem da UFMG, que coordenou a elaboração do material, ressalta a sua importância. “Quando perguntados sobre as principais barreiras para o manejo da obesidade no cotidiano de trabalho, os profissionais citavam exatamente a falta de um material instrucional, assim como a complexidade da doença. Este instrutivo surge, portanto, como uma oportunidade de apoiá-los a construir ações mais exitosas, que possam contribuir para deter o crescimento da obesidade no país e para a promoção da saúde da população brasileira”.

Na UFMG, o lançamento do instrutivo ocorrerá no dia 22 de outubro, às 15h, com transmissão do canal da Escola de Enfermagem no YouTube [4]. O evento reunirá as professoras Aline Lopes, da UFMG, Patrícia Jaime, da Universidade de São Paulo (USP), e a coordenadora-geral de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Gisele Bortolini [5].

Abordagem téorico-prática

O material, que conta com o apoio da Organização Pan-americana da Saúde (Opas/Brasil) e do Ministério da Saúde, propõe uma abordagem teórico-prática para a condução de grupos com usuários com obesidade no SUS, incluindo roteiros com descrição detalhada das atividades presenciais e não presenciais apresentadas no Caderno de atividades educativas [6]. Também integra essa série o Material teórico para suporte ao manejo da obesidade no Sistema Único de Saúde [7], que visa apresentar aos profissionais de saúde referenciais teóricos e ferramentas que podem ser utilizados no manejo da obesidade no SUS.

Compartilhar
[8] [9]