04/07/2019

Feridas Complexas e Estomias: Aspectos Preventivos e Manejo Clínico

Sobre trabalho da Enfermagem com feridas crônicas e complexas e das complicações na pele por estomias.

Feridas complexas e estomias: aspectos preventivos e manejo clínico, foi idealizada pela gestão do COREN Paraíba e elaborada com enfoque interdisciplinar. Pelos autores, pessoas de destaque na profissão – docentes, doutores e especialistas – que, com profissionalismo, carinho e amor, dedicaram seus valiosos conhecimentos, com o intuito de transmitir aos profissionais da área de Enfermagem informações técnicas e científicas atualizadas. Para que dessa forma possam promover uma assistência de Enfermagem eficiente à pessoa acometida por injúrias na pele.

 

Leia Mais:

Feridas crônicas e complexas

A relevância deste livro é imensurável, não só para a atuação do profissional de Enfermagem como também para a sociedade. Considerando que, de tantos agravos à saúde, a ferida está presente em vários momentos da vida do ser humano. Sobretudo nos casos agudos, que, em geral, podem evoluir satisfatoriamente, mas também, principalmente, nos casos das feridas crônicas e complexas e das complicações na pele por estomias. Devido à falta de um olhar acurado do profissional durante o manejo clínico, pode gerar um grande impacto negativo na qualidade de vida e no convívio social do indivíduo.

Compreende-se que a assistência de enfermagem à pessoa com feridas está implícita nas atribuições do enfermeiro, desde o nível de menor ou maior complexidade técnica, respeitando-se as atribuições privativas de outras categorias profissionais. Entretanto, por considerar as especificidades e a necessidade de se determinar a abrangência das ações da equipe de enfermagem para cuidar de feridas, de forma mais específica, recentemente, o Conselho Federal de Enfermagem publicou a Resolução COFEN 0501/20153, que passou a regulamentar a competência de cada componente da equipe de enfermagem nessa área.




    revista_enfermagem
    munean
    anais_cbcenf