- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Enfermagem Gerontológica no Cuidado ao Idoso nos Tempos da Covid-19

Esse e-book foi produzido para a Equipe de enfermagem que atua com idosos provendo o cuidado gerontológico em diversos cenários de atuação, na comunidade, idosos indígenas, residentes em Instituições de Longa Permanência para Idosos, idosos em cuidados paliativos, idosos em cuidados críticos, e mais ainda importante nossa preocupação com a promoção da saúde mental dos profissionais de saúde.

Enfermagem Gerontológica no Cuidado ao Idoso nos Tempos da Covid-19

Enfermagem Gerontológica

As medidas de distanciamento social atingem diferentemente aos idosos saudáveis no domicílio, noticiários que enfatizam os idosos como grupo de risco, mudanças na rotina, e diminuição nas relações sociais são diferentemente sentidas pessoas idosas, por isso, o Capitulo I trata das possibilidades e desafios para os profissionais de enfermagem que cuidam de idosos seja na atenção primária, ambulatórios ou centros de convivência para idosos.

Populações vulneráveis, como os idosos privados de liberdade, idosos ribeirinhos, idosos moradores de rua são constantes preocupações, pois além do fator idade, ainda possuem maior vulnerabilidade devido às condições de saúde e de vida a que estão expostos, e de igual forma os idosos indígenas que historicamente tem sofrido dizimações em Pandemias, o Capítulo II trata do papel do enfermeiro na prevenção da Covid-19 [1] para essa população especifica.

A seção dois trata dos idosos residentes em Instituições de Longa Permanência para idosos, a enfermeira possui papel essencial nesse cenário, desde o cuidado gerencial ao cuidado assistencial e educativo. Os capítulos tratam das medidas de prevenção e controle de infecção por coronavírus [2] nessas instituições , e para isso o uso adequado dos equipamentos de proteção individual são essenciais, assim como o gerenciamento de resíduos. Importantes decisões deverão ser tomadas para evitar que idosos em condições de intervenção sejam negligenciados do tratamento necessário, e ao contrário também idosos que necessitam de cuidados paliativos sejam encaminhados à cuidados críticos. Por isso, conhecer a capacidade funcional, os desejos do idoso e família (testamento vital) respeitando a vontade do idoso e família são imperiosos. E mesmo, na iminência do óbito, o cuidado com o corpo merece atenção especial e treinamento da equipe, para atuação em caso de óbito de idosos com suspeita ou confirmados com a Covid-19 esses tratados no Capitulo VII.

Idosos que necessitam de cuidados críticos

Os idosos que necessitam de cuidados críticos necessitam de atenção especial quanto às peculiaridades das alterações fisiológicas dos idosos e as complicações decorrentes da Covid-19, avaliar risco para delirium, lesão por pressão, e síndrome do confinamento são essenciais e estão tratados nos capítulos da Seção III.

Compreender o acolhimento como estratégia de cuidado ao profissional de saúde com risco de sofrimento e estresse no trabalho durante a Pandemia da Covid-19, profissionais de saúde com equipe reduzida por contaminação, óbitos, ou grupo de risco. Assim como, lidar com os familiares que estão impedidos de acompanharem os idosos, ou com os idosos fragilizados pelo distanciamento social. Todo o cenário da Pandemia tem suscitado discutir as condições de trabalho e a qualidade de vida dos trabalhadores da equipe de enfermagem, por isso no Capítulo XII destacam-se práticas integrativas e complementares de saúde.

Compartilhar
[3] [4]