- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Configuração da Gestão do Cuidado de Enfermagem no Brasil: Uma Análise Documental

No Brasil, algumas profissões são controladas e fiscalizadas por seus Conselhos Profissionais. São elas entidades jurídicas de direito público com autonomia administrativa e financeira, denominadas de autarquia. Os Conselhos Profissionais regulamentam as profissões, objetivando defender a integralidade e a disciplina, zelando pela ética do exercício profissional.

Ao Cofen [1], atribuiu-se a responsabilidade de instalação de Conselhos Regionais de Enfermagem (Coren [2]) para fiscalizar o exercício profissional nos estados brasileiros, sendo esta a unidade central do Sistema Cofen/Coren [3].

[4]

Leia Mais:

Processo de trabalho de Enfermagem

As normatizações definidas pelo Cofen orientam o cuidado prestado pela equipe de enfermagem, contribuindo para a expansão da atuação dos profissionais. O enfermeiro desenvolve atribuições privativas, normatizadas em resoluções exclusivas ou associadas a normas para a equipe de enfermagem. Dentre as atribuições, cabe privativamente ao enfermeiro a gestão do cuidado de enfermagem.

O processo de trabalho de Enfermagem pode ser compreendido em diferentes sub processos – cuidar, administrar/gerenciar, pesquisar e ensinar. Em que cada qual dispõe de seus próprios elementos e coabitam em diferentes situações. No âmbito gerencial, os instrumentos de trabalho do enfermeiro abarcam os recursos humanos e a organização do trabalho. Sendo executados por diferentes ferramentas (planejamento, dimensionamento, recrutamento e seleção, educação continuada, supervisão, avaliação, entre outras ações). O processo gerencial abrange outros recursos, como os materiais, instalações, equipamentos e a força de trabalho. Sendo assim gera condições para a realização do cuidado integral.

Compartilhar
[8] [9]