- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Boas práticas de Enfermagem na Unidade de Terapia Intensiva: Desenvolvendo o Histórico de Enfermagem

O Processo de Enfermagem (PE), como instrumento metodológico, guia as ações profissionais da enfermagem e possibilita um cuidado coerente com as necessidades individuais e coletivas de saúde do ser humano. Permite, aos profissionais enfermeiros, avaliação clínica necessária para um cuidar permeado pelo conhecimento científico, ético e humanizado. Organiza e assegura a continuidade das informações acerca do cuidado prestado pela equipe de enfermagem. Favorecendo a evolução da assistência, de acordo com os resultados esperados para a recuperação do paciente.

Boas praticas de enfermagem

Boas práticas de Enfermagem na Unidade de Terapia Intensiva: Desenvolvendo o Histórico de Enfermagem.

Como tecnologia do cuidado, o PE está organizado em cinco etapas inter-relacionadas: Histórico de Enfermagem (HE); Diagnóstico de Enfermagem (DE); Planejamento de Enfermagem; Implementação e Avaliação de Enfermagem. Decerto o HE, como primeira etapa do PE, oferece as informações para o julgamento, planejamento e delimitação das intervenções de enfermagem, subsidiando as etapas subsequentes, viabilizando a tomada de decisão e qualificando a assistência oferecida nos diversos contextos do sistema de saúde.

Boas práticas de Enfermagem

As boas práticas de Enfermagem [1] constituem-se pela busca por ações que garantam que os serviços prestados estejam dentro dos padrões de qualidade exigidos para os fins a que se propõem. Assim, o PE reforça o escopo da enfermagem, com resultados positivos no que se refere à redução de danos, menor permanência no ambiente hospitalar, cuidado seguro, prática clínica segura alicerçada no conhecimento científico e resultados que fortalecem a profissão e sua proposta de cuidado integrado, expandido e complexo.

Ao utilizá-lo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ambiente destinado ao cuidado de pessoas em estado crítico de saúde com instabilidade clínica e risco de morte. Portanto o PE vai ao encontro do fortalecimento da ciência em enfermagem. Com resultados imediatos favoráveis ao paciente e ao longo do tempo ao sistema de saúde.

Compartilhar
[2] [3]