- Biblioteca Virtual de Enfermagem – Cofen - http://biblioteca.cofen.gov.br -

Atuação De Enfermeiros Líderes De Unidade De Terapia Intensiva: Abordagem Compreensiva

A liderança do enfermeiro é fundamental para o trabalho da equipe de Enfermagem. Pois pode influenciar o comportamento e as atitudes de todos os membros em relação ao cuidado oferecido.

Enfermeiros líderes

Estudo, que relacionou liderança de enfermagem e qualidade de cuidados. Mostrou que os enfermeiros estabeleciam liderança dialógica e colaborativa com a equipe para desenvolver ações efetivas com vistas a melhorar os cuidados oferecidos. No entanto, as dificuldades experienciadas no direcionamento das ações das pessoas e as características do ambiente hospitalar foram considerados desafios enfrentados no sentido de implementar metas de melhoria da qualidade do atendimento e integração da equipe de enfermagem.

O papel de líder requer do enfermeiro visibilidade no âmbito da organização e maior disponibilidade de tempo com a sua equipe. De modo a promover ambiente de trabalho e relações interpessoais saudáveis que valorizem os colaboradores.

Enfermeiros líderes de unidade de terapia intensiva

A Unidade de Terapia Intensiva [1] é um cenário de alta complexidade, dinâmico e especializado em prover cuidados a pacientes graves e instáveis. Contudo, tais particularidades contribuem para o desgaste e sofrimento dos profissionais, favorecendo os conflitos relacionais. Considerando a liderança como uma habilidade construída e solidificada a partir de experiências relacionais com pessoas e ambientes, líderes da área de saúde devem buscar a criação de um ambiente de trabalho favorável, harmonioso e menos conflituoso tanto para os profissionais como para os pacientes.

A busca na literatura mostrou que a temática liderança em Enfermagem envolve aspectos amplos. Como gerenciamento dos Enfermeiros nas diferentes unidades hospitalares, e quando relacionados à Unidade de Terapia Intensiva, focalizam condições ambientais e fatores relacionados à gestão de modo geral, condições nas quais as características do ambiente influenciam na satisfação profissional e nas práticas do cuidado de enfermagem [2], nas competências do enfermeiro, além do desgaste e insatisfação desse profissional no trabalho.

Compartilhar
[3] [4]