Ampliação Do Papel Dos Enfermeiros Na Atenção Primária à Saúde

15 de Maio de 2018 por filipesoaresImprimir Imprimir


Há mais de quarenta anos, a Atenção Primária à Saúde (APS) é reconhecida como a base de um sistema de saúde eficaz e responsivo.

A Declaração de Alma-Ata de 1978 reafirmou o direito ao mais alto nível de saúde. Com igualdade. Solidariedade e o direito à saúde como seus valores fundamentais. Sublinhou a necessidade de serviços de saúde abrangentes, não apenas curativos, mas também serviços que atendam às necessidades em termos de promoção da saúde, prevenção, reabilitação e tratamento de condições comuns. Um forte nível resolutivo de atenção primaria de saúde é a base para o desenvolvimento de sistemas de saúde.

Implementação da Atenção Primária à Saúde

Os países iniciaram a implementação da abordagem de APS nos anos 80. Mas vários fatores. Incluindo a crise econômica. E as políticas de ajustes estruturais levaram à diminuição da visão de Alma-Ata. O slogan de Alma-Ata. “Saúde para Todos até o Ano 2000”. Foi à chamada de mobilização para o movimento. Que enfatizava a necessidade de participação comunitária e coordenação intersetorial na APS.

O Relatório Mundial de Saúde. Em 2008. Intitulado “Agora mais do que nunca” restabeleceu em nível global a necessidade da abordagem da APS. Fornecendo evidências concretas de que a mesma era acessível e tinha maior impacto na prestação de assistência de saúde onde as pessoas vivem.

Estratégia para o Acesso Universal à Saúde

Em 2014, os Estados Membros da Organização Pan-Americana da Saúde adotaram a Estratégia para o Acesso Universal à Saúde e Cobertura Universal de Saúde, que reitera o direito à saúde, solidariedade e equidade e promove o desenvolvimento de sistemas de saúde baseados na APS. Os recursos humanos são essenciais para atender às necessidades crescentes de saúde da população e alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. No entanto, há a necessidade de abordar as lacunas existentes entre os perfis de competência dos profissionais de saúde e as necessidades na APS.

A Organização Pan-Americana da Saúde / Organização Mundial da Saúde (OPAS / OMS) apoia os países no estabelecimento de equipes interprofissionais de atenção primária à saúde, na transformação da educação em saúde e na capacitação no planejamento estratégico e gestão de recursos humanos para a saúde.

Enfermagem na Atenção Primária à Saúde

A Enfermagem pode desempenhar um papel crítico no avanço da APS. Novos perfis, como os enfermeiros de prática avançada, conforme discutidos neste documento, podem ser fundamentais nesse esforço e, em particular, na promoção da saúde, prevenção de doenças e cuidados, especialmente em populações de áreas rurais e carentes.

Compartilhar