09/10/2017

10 dicas para tornar seus estudos mais eficientes

Aprenda a estudar com mais eficiência.

Todos nós lidamos com problemas diários, e por causa disso nossa atenção compete com várias coisas tornando o poder de concentração cada vez mais difícil. Sabemos que o segredo para passar em uma prova ou avaliação, onde quer que seja, concursos, escolas ou universidades é estudar. A chave para o estudo eficiente não é estudar várias horas por dia, mas estudar com eficiência.

biblioteca virtual de enfermagem dicas de estudo

Para tornar seus estudos mais eficientes tente adotar os seguintes hábitos:

1. Como abordar as matérias de estudo

A maioria das pessoas encaram estudar como uma tarefa e não como uma oportunidade de aprender. Até ai tudo bem, mas pesquisadores descobriram que o ‘como’ você aborda seus estudos é fundamental para atingir o sucesso que você almeja.

Você não pode se forçar a estar no estado mental perfeito para estudar, nessas horas é melhor evitar estudar. Se você está distraído por um problema no trabalho, no seu relacionamento ou no que seja, estudar só vai te deixar mais frustrado. Estude quando você não estiver focado ou obcecado por alguma outra coisa na sua vida.

Caminhos para organizar sua cabeça para o estudo:

  • Pense positivo quando estiver estudando, lembre-se de suas habilidades!
  • Evite pensar no pior. Melhor pensar “Posso não ter estudado o suficiente, mas já que estou estudando vou fazer o meu melhor” do que o dramático “Nunca vou passar”.
  • Evitar o SEMPRE. “Eu sempre vou mal nas provas”, “Eu sempre erro esse tipo de questão”. Seja objetivo. “Não fui tão bem dessa vez, onde eu posso melhorar?”
  • Evite comparar-se com os outros. Quase sempre você vai acabar se sentindo mal.

2. Onde você estuda é importante

Várias pessoas cometem o erro de estudar onde é impossível se concentrar. Um local cheio de distrações não vai ajudar. Se você for estudar no seu quarto por exemplo, você vai ter um computador, uma TV, familiares, amigos mais interessantes do que o material de leitura que você separou.

A biblioteca, uma sala de estudos ou até uma Casa de Café tranquila pode ser um bom lugar para estudar, seja criativo! Procure o lugar mais silencioso possível. Procure vários lugares, externos ou internos até você achar o que mais te agrada. Achou? Ótimo agora sempre que você precisar estudar vá a esse lugar.

3. Traga tudo que você precisa, esqueça tudo que não

Infelizmente, quando você acha um local ideal para estudar, as vezes algumas pessoas levam o que não precisam. Por exemplo, embora o computador seja bom para fazer notas, assistir videoaulas, coisas realmente úteis para o estudo ele também tem jogos, redes sociais, chats, emails, ou seja, distrações! Então, pergunte-se se hoje você realmente precisa levar o seu computador, iPad, notebook para estudar. As vezes um caderno e uma caneta podem ser subestimados, não cometa essa erro!

Não se esqueça das coisas que você precisa para estudar, livros, artigos, lista de exercícios. Você vai perder muito tempo se tiver que voltar toda hora para buscar alguma coisa que você esqueceu. Se você gosta de estudar ouvindo música leve seu iPod. Pesquisas descobriram que a música instrumental é melhor, pois músicas que tem voz e letra acabam te distraindo mais.

4. Resumos e reescrever suas anotações

A maioria das pessoas acham que manter um resumo padrão ajuda a concentrar as informações mais importantes e básicas em um texto. Outras pessoas acham que fazer relações com conceitos similares ajudam a lembrar o que precisa na hora da prova. A coisa mais importante sobre resumos é que resumos só funciona como uma ferramenta de aprendizado quando é você que o escreve, com suas palavras e estrutura. Cada pessoa tem uma forma única de redigir um texto. Então, caso você use resume de outras pessoas, não deixe de reescrevê-lo com suas próprias palavras. Casa não o faça, a chance de falhar na hora de lembrar as coisas importantes é grande.

Outra coisa que ajuda é procurar vários significados quando tiver estudando, assim a informação é retida com mais facilidade. Por isso que escrever resumos ou anotações funciona – traduz a informação em palavras e termos possíveis de entender.Falar as palavras em voz alta enquanto você as escreve é um método importante que vai te ajudar lá na frente, quando estiver fazendo sua prova.

5. Use jogos de memória (mnemônicos)

Métodos para lembrar pedaços de informação usando associações com palavras comuns.

A chave para esse tipo de método é que a palavra ou frase que você inventar tem que ser mais fácil de lembrar do que os termos ou informações que você está tentando aprender em seus estudos. Tente usar palavras de coisas que você gosta de fazer, por exemplo.

Essas técnicas são úteis porque você exercita mais o cérebro para lembrar de coisas visuais do que uma lista de termos, por exemplo. Exercitar mais o cérebro significa melhor memória!

6. Resolva exercícios, sozinho ou com amigos

O antigo ditado, a prática leva a perfeição, é verdade. Você pode resolver questões de provas anteriores, fazer um jogo de perguntas e respostas com um grupo de pessoas o importante é treinar com regularidade. Esse método ajuda a entender o comportamento de cada banca em relação a elaboração das questões.

Rever o material de estudo com um grupo de amigos que estão enfrentando o mesmo desafio que você. Um pequeno grupo de 4 a 5 pessoas funciona melhor na hora de implementar essa prática, mais do que isso pode virar bagunça! A dinâmica do grupo tem que ser definida por seus membros. Leitura de resumos, resolução de questões, simulados, todas essas práticas podem ser aplicadas ao grupo.

7. Faça um cronograma realista

A maioria das pessoas consideram o ato de estudar uma coisa a se fazer nas horas vagas. Mas se você elaborar um cronograma organizado e realista os seus estudos e resultados serão bem mais exitosos. Ao invés de estudos de última hora com duração de 12 horas por dia, gaste 40 minutos a 1 hora de estudos todos os dias, o importante aqui é criar o hábito. Isso irá permitir você a estudar um maior volume de disciplinas e vai ajudar você a fixar melhor o novo conhecimento adquirido.

8. Faça pausas e se premie

A maioria das pessoas considera estudar uma obrigação ou uma tarefa chata, mas necessária. Com essa mentalidade é natural que eventualmente vamos fugir dessa obrigação ou pelo menos procrastinar. No entanto, se ao final de cada esforço programado no cronograma você se premiar com algo divertido, pode ser ir ver um filme no cinema com a namorada ou mesmo 1 hora de videogame, esse hábito vai fazer com que você tenha mais prazer ao estudar.

Ninguém consegue estudar 4 horas seguidas e fixar tudo, portanto faça pausas. A cada hora de estudo, descanse 10 minutos, beba uma água se alimente, faça um bom alongamento e volte a estudar. Não deixe disciplinas inacabadas, mas não gaste 4 horas estudando a mesma coisa, lembre-se da dica 7 e organize seu cronograma. Leia seus resumos mas resolva os exercícios também.

9. Mantenha-se saudável

De nada vai adiantar seu esforço se no dia do seu teste você estiver doente. Se hidrate sempre, alimentação balanceada, especialmente um dia antes da prova, é muito importante isso, já pensou ter dor de barriga durante o concurso? Prevenir é melhor do que remediar, tome suas vitaminas com surpevisão médica e procure manter a saúde física e mental equilibrada. Falar parece fácil, mas caímos novamente no ditado de que a prática leva a perfeição. No início pode até parecer algo difícil, mas se você praticar uma boa alimentação, fazer exercícios físicos regularmente (caminhadas), seus estudos vão sim se tornar mais eficientes, você ficará mais disposto e terá melhores resultados.

10. Crie expectativas baseadas no seu esforço

Teve uma época que eu fazia concursos sem estudar e sempre ia fazer as provas achando que ia me sair bem, “pensamento positivo”, logicamente isso nunca adiantou. Não adianta se enganar, para conquistar o seu lugar ao sol não tem segredo, estudar com qualidade e eficiência é o caminho. Não adianta criar grandes expectativas se você não estudou o suficiente e essa falsa sensação só dura até você abrir o caderno de provas e passar o olho nas questões, de cara você vai saber se tem chance ou não. Portanto seja realista e estude, sem esforço dificilmente você vai conquistar alguma coisa. Lembre-se de que passar em concurso público é um processo, você vai passar por decepções, de quase passar mas não ficar nas vagas ou de nem classificar, não se preocupe, isso tudo faz parte desse processo, seja persistente e estude ATÉ passar.

Fonte: [1]




    revista_enfermagem
    munean
    anais_cbcenf